(11) 4745-6900

À espera de novas doses, cidades interrompem ou reduzem vacinação

Cidades vivem expectativa pelo recebimento de novas doses para retomar primeira aplicação

8 ABR 2021 - 05h:00 Por Matheus Cruz - de Suzano
Vacinação segue em ritmo lento por conta da falta de vacinas nas cidades da região Vacinação segue em ritmo lento por conta da falta de vacinas nas cidades da região / Wanderley Costa/Secop Suzano
Com falta de vacinas, as cidades da região reduziram ou interromperam a imunização contra a Covid-19.
 
As cidades de Suzano e Mogi das Cruzes, por exemplo, suspenderam a aplicação de primeira dose da vacina de combate à Covid-19. Nas duas cidades, apenas a segunda dose segue ocorrendo. De acordo com a Secretaria de Saúde de Suzano, foram recebidas 1.820 doses para pessoas com 68 anos. Destas, 1.441 idosos desta faixa etária foram vacinados na última sexta-feira (2), último dia em que a cidade aplicou primeira dose. Atualmente, a vacinação em idosos acamados segue ocorrendo ao longo da semana, a partir do cadastramento dos mesmos nos postos de saúde próximos às suas residências.
 
Segundo a pasta, 2.470 novas doses da CoronaVac serão recebidas nesta quinta-feira (8) para educadores que se enquadram nos critérios do governo do Estado (maiores de 47 anos) e 3.890 para segunda aplicação em idosos de 72, 73 e 74 anos. 
 
Em Mogi das Cruzes, cidade que mais vacinou até o momento, a campanha de imunização para a primeira dose também está momentaneamente paralisada. Atualmente, Mogi está aplicando apenas segunda dose e aguardando a chegada de novas remessas para reiniciar a vacinação em primeira aplicação. 
 
De acordo com a Prefeitura, o Governo do Estado deve enviar novas remessas ainda nessa semana. Na cidade, estima-se que o publico com faixa etária entre 65 a 69 anos seja de 15.936 pessoas. 
 
Até o momento, foram imunizadas 4.874 pessoas. No entanto, a liberação da dose está para o público com 68 anos ou mais (ainda não para menos).
 
Em Ferraz, a campanha de imunização segue ocorrendo tanto para aplicações de primeira como de segunda dose. 
 
De acordo com a Secretaria de Saúde de Ferraz de Vasconcelos, até esta terça-feira (6) a cidade contava com o estoque de 3.498 vacinas. 
 
Os imunizantes estão sendo destinados a pessoas com 68 anos ou mais. 
 
No município, 7.767 pessoas com 68 anos ou mais já foram vacinadas, o que equivale a 80,99% da meta, sendo que o objetivo é imunizar 9.589 pessoas.
 
Da mesma forma, em Poá a vacinação segue ocorrendo para primeira e segunda aplicação. 
 
Porém, caso haja atrasos na entrega de vacinas, a Secretaria de Saúde do município acredita que haverá comprometimento e paralisação. A previsão é que novas doses cheguem nesta quinta-feira (8), às 8h30. 
 
Em Itaquaqueceutuba, o município começou a aplicar 3.740 doses em idosos de 68 anos (primeira dose) e idosos de 75 e 76 anos (segunda dose) na segunda-feira, em 22 pontos da cidade. Neste momento a imunização ocorre normalmente. 
 
Segundo informe técnico, Itaquaquecetuba receberá mais 5.630 doses também nesta quinta-feira, destinadas a profissionais da Educação com 47 anos ou mais (serão 2.100 doses) e a segunda dose para idosos de 72 a 74 anos (3.530 doses).
 
Em Salesópolis também não houve paralisação de vacinação de primeira dose. A Prefeitura aguarda uma nova remessa para continuar a vacinação do grupo de 68 anos ou mais. Até o momento, 77 doses foram aplicadas em pessoas desta faixa etária no município.
 
Até o fechamento desta reportagem, as demais cidades do Alto Tietê não retornaram o contato feito pelo DS.

Leia Também