(11) 4745-6900

Candido anuncia pré-candidatura a prefeito em 2024

Ex-prefeito nega que esteja inelegível e explica sua intenção de disputar o pleito

14 SET 2021 - 21h:27 Por Matheus Cruz - de Suzano
Marcelo Cândido anúnciou pré-candidatura a prefeito nas eleições de 2024 em Suzano Marcelo Cândido anúnciou pré-candidatura a prefeito nas eleições de 2024 em Suzano / Isabela Oliveira/DS
Ex-prefeito de Suzano por dois mandatos, Marcelo Candido (PDT) anunciou que é pré-candidato à Prefeitura na próxima eleição municipal, em 2024. Segundo Candido, que participou do Programa DS Entrevista ao vivo, toda a experiência que adquiriu nos últimos anos reafirma seu desejo de voltar a chefiar o Poder Executivo suzanense.
 
“Pretendo sair candidato a prefeito de Suzano em 2024. Estarei plenamente em condição de disputar. Tudo que tenho de experiência, de visão política me credencia mais do que nunca para voltar a ser prefeito ”, afirmou.
 
A pré-candidatura é viável, segundo Candido. Ele espera contar com o apoio do PL, partido do atual prefeito Rodrigo Ashiuchi - que nas duas últimas eleições teve o apoio do PDT. Ele explica que a aliança foi firmada entre os dois partidos em 2016. Em contrapartida, o PL firmaria apoio ao candidato lançado pelo PDT em 2024.
 
“Nós combinamos em 2016 que em 2024, o PDT lançaria o cabeça de chapa. Se o PL não quiser cumprir vai trair o acordo. Não vejo motivo para não apoiar. Se o PL não quiser romper o acordo, o PL apoia o PDT, afinal de contas, o PDT apoiou o PL”, explicou.
 
Garantindo sua participação na corrida eleitoral de 2024, o ex-prefeito também aproveitou para afirmar que não há nenhuma medida contra ele que impeça sua candidatura.
 
“Não tenho nada que impeça a minha candidatura. Não existe inelegibilidade. Existem fatores que podem ser questionados para que se avalie se determinada pessoa está ou não inelegível”, afirmou.
 
Trabalho
 
Atualmente Candido se dedica ao trabalho na propriedade privada. Apesar de fazer viagens pelo País na atual função, o ex-prefeito mantém escritório em Suzano. Segundo ele, a opção de deixar momentaneamente a vida pública na política foi acertada, mas houveram convites para seguir, inclusive no cenário nacional.
 
“Desde quando deixei a Prefeitura, me dediquei ao setor privado. Não tive nenhuma experiência pública desde quando saí da Prefeitura em 2012. Recebi convites para ir pra Brasília trabalhar no Governo Federal, também recebi convites para trabalhar em São Paulo, na Capital”, explica.
 
Ainda enquanto agente político, Marcelo Candido recordou a primeira eleição municipal que disputou, em 2000. O pleito ficou marcado em sua história já que, até então desconhecido, Candido chegou ao segundo lugar com pouca diferença no percentual de votos conquistados por Estevam Galvão, prefeito eleito na ocasião.
 
“Muita gente não lembra ou não sabe dessa história. Eu era um candidato bem desconhecido. Não era vereador, nunca tinha disputado uma eleição, mas tinha minhas convicções e sabia que o momento histórico exigia mudanças no município e eu fui para a rua fazer campanha”, lembrou.
 
A entrevista completa pode ser assistida nas redes sociais do DS, além do portal www.diariodesuzano.com.br.

Leia Também