(11) 4745-6900

Cidades da região adotam cautela e descartam desobrigar uso de máscaras

Governo do estado estima flexibilizar o uso de máscaras em locais abertos entre os dias 28 de novembro e 1º de dezembro

9 NOV 2021 - 21h:15 Por Matheus Cruz - de Suzano
Uso de máscara será mantido em todas as cidades da região como medida de cautela Uso de máscara será mantido em todas as cidades da região como medida de cautela / Regiane Bento/DS
Em sinal de cautela, as prefeituras do Alto Tietê ainda não estudam a desobrigação do uso de máscaras de proteção. Na semana passada, o governador João Doria anunciou que prevê flexibilizar o uso de máscaras de proteção em locais abertos entre os dias 28 de novembro e 1º de dezembro no estado.
 
Segundo o governador, a liberação pode acontecer assim que o estado chegar a 75% de vacinados com dose única ou duas doses.
 
Em Suzano, a cobertura vacinal avança. 
 
Desta forma, a Prefeitura mantém a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção individual e afirma que não há estudos para mudar esta situação por enquanto.
 
Em relação às demais medidas de combate à Covid-19, o Executivo informou que segue as determinações divulgadas pelo governo do Estado, principalmente o fim das limitações de capacidades de lugares públicos e particulares. A administração municipal afirma que também estimula a manutenção do distanciamento social e o uso de álcool em gel nesses locais.
 
Cenário parecido em Ferraz de Vasconcelos, onde a obrigatoriedade do uso de máscara segue valendo e não há possibilidade, até o momento, da flexibilização ocorrer. De acordo com o Executivo, a liberação pode ocorrer quando a taxa de cobertura vacinal atingir o mínimo de 70% da população.
 
Atualmente, a cidade conta com 109.577 pessoas com o esquema vacinal completo entre a população estimada em 196.500 pessoas. A cobertura vacinal no momento é de 55,76%.

Leia Também