(11) 4745-6900

Cultura

Grupo Contadores de Mentira realiza 4ª edição de Intercâmbio Internacional

Projeto ocorrerá de maneira itinerante, com paradas em São Paulo, Piracicaba e Suzano

15 OUT 2021 - 15h:16 Por de Suzano
Grupo Contadores de Mentira realiza 4ª edição de Intercâmbio Internacional Grupo Contadores de Mentira realiza 4ª edição de Intercâmbio Internacional / Divulgação

O grupo Contadores de Mentira realizada agora em outubro mais uma edição do Intercâmbio Internacional “Ofício e Raízes”.

O grupo que em agosto festejou seus 26 anos com um festival que reuniu em 17 dias, mais de 130 artistas de 12 países, segue agora com uma ação mais intimista, que contará também com ações presenciais abertas ao público.

A IV edição do projeto ocorrerá de maneira itinerante, com paradas em São Paulo, Piracicaba e Suzano. Nesta edição o encontro será com o ator e mestre peruano Lucho Ramirez, e com os grupos Maguey Teatro – Peru, Refinaria teatral – SP e Grupo Andaime – Piracicaba.

“Serão dias de conexão para ouvir e praticar o trabalho teatral destes grupos, criar espaços para o despertar destes corpos que por meses se distanciaram do trabalho coletivo na sala de criação. Uma oportunidade de observar coletivamente possíveis fissuras causadas por este tempo e talvez encontrar nelas novas maneiras de fazer-se submergir à própria pele”, comenta Daniele Santana, integrante dos Contadores de Mentira.

O grupo conta que “Ofício e Raízes é um Intercâmbio Internacional de Teatro, que tem como principal enfoque a investigação física do trabalho da atriz e do ator, partindo do encontro com outros grupos de teatro e mestres e mestras das artes da cena. É um espaço para o desenvolvimento, aperfeiçoamento, descoberta e experimentação de novas e conhecidas linguagens, treinamentos, caminhos e métodos do fazer teatral”.

As edições passadas trouxeram muitos aprendizados e oportunidades ao grupo. Cleiton Pereira, ator e fundador do grupo, comenta que, “oficialmente, sua primeira edição foi em 2014 aqui no Brasil, com um encontro com o mestre da Antropologia Teatral Eugenio Barba e a atriz e diretora Julia Varley, ambos do grupo Odin Teatret da Dinamarca, foram dias de trabalho do corpo e da mente, criando e elucubrando o espaço de criação e descoberta individual e coletivo. Dessa experiência surgiram novos experimentos de práticas e disciplina no trabalho na sala de ensaio e treinamento”.

Em 2013 o grupo realizou um primeiro embrião deste intercâmbio com o grupo Ói Nóis Aqui Traveiz de Porto Alegre, onde estiveram por dias apresentando suas obras, e criando rodas de conversa e partilha. De acordo com ator Samuel Vital, esse encontro foi um marco importante para os Contadores, a partir desse encontro surgiram as primeiras publicações impressas do grupo, muito estimulados pelo grupo Ói Nóis.

A segunda edição aconteceu no Equador na cidade La Merced interior de Quito, com o histórico grupo Contraelviento Teatro. Durante dias num pequeno Pueblo campesino, ao pé do Vulcão Cotopaxi, os dois grupos se encontraram para trocarem saberes e inquietações. Foram compartilhadas apresentações, conferências na Universidade de Quito, demonstrações de trabalho, rodas de conversa, cirandas, canções. Deste encontro surgiu um enlace muito sólido entre Contraelviento e Contadores, que vem possibilitando muitos reencontros, aprendizados e criações conjuntas. Em 2017 os grupos estrearam a obra “Rumi – la marcha de los que se van”, um co-produção que se apresentou no Equador e Brasil, com apoio do edital Iberecena.

A terceira edição foi realizada no Peru num encontro com o grupo Peru Fusión Teatro e o com o icônico grupo Yuyachkani. Esta edição aconteceu na cidade de Lima e foi um encontro entre culturas e fazeres teatrais. Antropologia, sociedade e arte todo o tempo se entrelaçando nos dias de trocas e descobertas.

Foram realizadas atividades em diversos espaços, agregando além dos grupos envolvidos, também estudantes e outros artistas. Ocorreram ações na Universidade Central de Engenharia do Peru, na Casa Yuyachkani, na PUC Peru, e na Triple A - Asociación de Artistas Aficionados.

Segundo o ator e integrante do grupo Kaique Calisto, esta edição de 2021  tem um outro fator muito significativo para eles, “...esta edição será também o marco de retorno coletivo do grupo Contadores de Mentira à sala de trabalho, depois de meses produzindo em formato online e com muitas restrições, voltaremos a nos encontrar presencialmente para trabalhar e investigar, claro que ainda seguindo todos os procedimentos necessários”.

A programação do intercâmbio conta atividades online e presenciais.

Neste domingo, 17, os Contadores de Mentira iniciam o projeto com o Grupo Maguey do Peru, que fará a exibição da obra: às 20 horas no canal do grupo no youtube. Na segunda, 18, os Contadores exibirão no canal do grupo Maguey seu trabalho “Rito. Passos para quem partiu”, registro audiovisual da caminhada de 3 dias que o grupo fez em memória das vítimas da Covid 19 no Brasil.

Mas da programação você pode conferir nas redes do grupo: instagran @contadoresmentira  no facebook Teatro Contadores de Mentira, no canal Contadores de Mentira no youtube ou no whatsapp 11 995594-5852.

Leia Também