(11) 97569-1373

Teatro da Neura estreia Leitura Encenada virtual

4 JUN 2020 - 13h:03 Por de Suzano
Leitura fará parte da Ocupação on Line promovido pelo Leitura fará parte da Ocupação on Line promovido pelo "Coletivo Ato de Resistência" / Divulgação
O Teatro da Neura, grupo que completa 16 anos de atividades ininterruptas esse ano, vai estrear sua primeira Leitura Encenada nas redes sociais nesta sexta feira (dia 05) às 20 horas. A leitura fará parte da Ocupação on Line promovido pelo "Coletivo Ato de Resistência". 
 
A leitura que o Teatro da Neura fará será "Mutirão em Novo Sol" escrito por Nelson Xavier e Augusto Boal e integrará o projeto Leituras Pandêmicas.
 
Carolina Portella está na direção desse espetáculo e já percebe que está adaptando o fazer teatral a uma tela de celular ou computador: "Não tivemos nenhuma formação para atuar em plataformas desse tipo, então estamos descobrindo essa nova maneira de atuar ao vivo", ressalta a diretora.
 
Mutirão em Novo Sol é uma peça escrita em 1961 a partir do caso real de uma revolta de lavradores ocorrida anos antes em Santa Fé do Sul, interior de São Paulo, Mutirão em Novo Sol é um dos textos mais importantes do teatro brasileiro moderno e pouco conhecido. Ela inaugurou uma sequência de espetáculos de temática camponesa produzidos antes do golpe de 1964, influenciando o cinema novo do período, e teve suas encenações marcadas pela sofisticação e experimentalismos inéditos no teatro épico brasileiro.
 
Portanto, nada mais significativo do que o espetáculo passar por essa nova forma de experiência em tempos de pandemia mundial por conta do Covid-19.
 
Adequações
 
Tendo que lidar com essa nova realidade de isolamento social, o Teatro da Neura continua sua prática artística. Usando as redes sociais para ainda manter contato com o público está realizando encontros ao vivo como o "Neura na Live" todos os domingos as 20h, além dos Jogos Neurais que são curtos experimentos em vídeos também distribuídos gratuitamente.
 
Já em estudo para potencializar outros projetos como uma Radionovela Erótica, o grupo abriu uma campanha de financiamento contínuo convidando todos a ajudar que esses projetos aconteçam. Esse financiamento é o Padrim e lá o apoiador poderá ainda receber recompensas conforme sua possibilidade de contribuição mensal.

Leia Também