(11) 4745-6900

Desenvolvimento Social

29 ABR 2022 - 05h:00

Nesta semana, o governador Rodrigo Garcia empossou a economista e mestre em Economia Aplicada (USP), Laura Müller Machado, como nova secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo. Com a mudança, a pasta responsável por programas sociais como Vale Gás, Bom Prato e Bolsa do Povo permanece sob liderança feminina.
A pasta é importante e as cidades do Alto Tietê vão ficar atentas na expectativa de ampliar o atendimento social aos municípios.
Especialistas têm falado da importância do setor. O desenvolvimento social é um fator importante encontrado na sociedade, capaz de mudar o rumo social e econômico, de forma que o aumento do desenvolvimento social significa um aumento do capital humano e do próprio capital social, ademais.
Segundo especialistas, significa mais do que uma questão quantitativa, mas também algo qualitativo, ou seja, quanto mais desenvolvimento social uma sociedade buscar e conquistar, mais qualidade terão os serviços encontrados dentro da sociedade.
Nesta semana, o governador destacou como será o trabalho da nova secretária de Desenvolvimento Social. As expectativas são positivas sobre o atendimento social. 
Laura é administradora, mestre em economia aplicada e possui uma vasta experiência na pesquisa acadêmica de impacto social no País.
Segundo o Governo do Estado, ocupar o cargo vem com o desafio de não só continuar as políticas públicas ao lado da atual equipe, principalmente ao lado de secretárias e secretários municipais, mas também de procurar avançar e apoiar aquilo tudo que já vem sendo realizado.
Com vivência acadêmica, Laura Müller Machado tem 34 anos e é administradora. Especializou-se em uso de evidência para a melhoria da qualidade do gasto público, com livros e estudos na área de educação, desenvolvimento social, distribuição de renda e pobreza.
No Instituto Insper, atua como professora, coordenadora dos programas de pós-graduação em gestão pública e coordenadora da rede ciência pelo desenho de política educacional.
Não há dúvida de que a garantia do direito social de todos cidadãos de São Paulo está nas mãos do Estado, por meio de um trabalho da Secretaria de Desenvolvimento Social.
A política social que já estava em curso: como o Bom Prato, o Bolsa do Povo; assim como muitas outras iniciativas. 
É importante dar um passo na direção de dar apoio aos mais vulneráveis para que possam ser incluídos produtivamente. 
São Paulo precisa caminhar para ser um Estado com uma política social ainda mais forte.
A posse aconteceu no Palácio dos Bandeirantes durante a 3ª Assembleia Geral Ordinária da Associação da Frente Paulista dos Dirigentes Públicos Municipais da Assistência Social.

Leia Também