(11) 97569-1373

Funcionários dos Correios

30 JUN 2020 - 23h:59
O DS trouxe reportagem na edição de ontem mostrando que a Justiça do Trabalho determinou que os Correios suspendam as atividades do Centro de Distribuição de Suzano até que seja concluída a desinfecção do local.
 
Há uma grande preocupação com os funcionários do setor. 
 
De acordo com apuração do DS, a Justiça também determinou que realize exames de verificação de contaminação pelo novo coronavírus aos trabalhadores desta unidade.
 
Mandou ainda afastar os trabalhadores até o resultado dos exames, sem prejuízo da remuneração; entre outras medidas, sob pena de multa de R$ 25 mil por dia em caso de descumprimento.
 
As informações foram fornecidas pelo Sindicato dos Trabalhadores das Empresas de Correios e Telégrafos (Sintect). 
 
No caso do Centro de Distribuição de Suzano, a unidade chegou a marca de 7 casos confirmados de trabalhadores com o novo coronavírus.
 
Em decisão judicial, a Justiça do Trabalho da 2ª Vara de Suzano destacou que exatamente pelo fato de os serviços postais terem sido considerados essenciais, a empresa deve adotar medidas de segurança e saúde em relação aos seus empregados.
 
É importante que os funcionários, não somente dos Correios, mas de setores que estão na “linha de frente” do trabalho essencial recebam proteção: Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para que se evite a contaminação da doença.
 
A alteração feita pela ECT – de afastamento só dos que laboram a menos de 2 metros do empregado infectado – é lesiva não só à saúde dos trabalhadores como também potencializa a disseminação do novo coronavírus na sociedade, destacando, ainda, que eles não laboram de forma isolada e estanque, conforme informações prestada pelo sindicato.
 
Os empregados que testem negativo devem ser comunicados para retorno às atividades presenciais, sendo que a comunicação deve ser efetuada diretamente ao empregado, com prazo mínimo de 24h entre a comunicação e a data do retorno. 
 
É importante que providências sejam tomadas para que se evitem riscos aos funcionários dos Correios. 
 
São eles responsáveis pelas milhares de correspondências que são entregues todos os dias nas casas de diferentes cidades do País.
 
No caso de Suzano, a Justiça reconheceu que eles precisam ser protegidos para que se evitem novos riscos.
 
A decisão da Justiça precisa ser cumprida com as providências tomadas, uma vez que são, sem dúvida, necessárias. 

Leia Também