(11) 97569-1373

Medindo a temperatura

22 JUN 2020 - 23h:59
Todas as precauções contra a contaminação da Covid-19 estão sendo reforçadas na região e no Estado.
Um delas é a publicação do decreto municipal 9.474 de junho de 2020 que obriga comércios de Suzano a medir a temperatura de clientes e funcionários antes de entrar nos estabelecimentos. 
Uma forma importante de tentar garantir um pouco mais de segurança para os clientes e comerciantes da cidade.
O DS trouxe reportagem, na semana passada, e mostrou que a medida já é adotada nas igrejas e nas unidades municipais de saúde. De acordo com a Prefeitura, esses locais devem dispor de termômetros infravermelho, no formato pistola, para aferir a temperatura, não podendo exceder 37,5 graus centígrados.
Além da aferição da temperatura, o decreto traz outras providências que os empresários e comerciantes precisam adotar para realizar a abertura dos estabelecimentos. Entre essas providências está a utilização obrigatória de máscaras, limpeza e higienização do ambiente, distanciamento mínimo de dois metros entre os postos de trabalho e clientes e a disponibilização de álcool em gel.
Além disso, o local precisa divulgar informações sobre a prevenção e o enfrentamento da doença, adaptar as áreas de uso comum para evitar aglomerações e não realizar eventos de lançamento ou promoções que possam causar esse tipo de comportamento. Reduzir a presença de funcionários por meio de home office, férias e redução da jornada e escalonamento de horário de trabalho também são medidas que devem ser adotadas pelos comerciantes.
Segundo a Prefeitura, a ação é uma medida estratégica adotada pela municipalidade no enfrentamento a pandemia do novo coronavírus, e segue os moldes do decreto estadual de 28 de maio que constitui o "Plano São Paulo".
Em meio ao cenário atual, é de suma importância tomar algumas atitudes para evitar que haja contágio em massa de Covid-19. Levando em consideração que muitas empresas não aderiram a quarentena por motivos diversos, é preciso pensar em soluções para que, mesmo as pessoas que continuam trabalhando possam ser protegidas de uma possível contaminação. 
Portanto, o trabalho de medição é muito importante porque pode contribuir de forma direta para evitar que pacientes com sintomas possam propagar a doença.
No dia 12 de junho, a Região Metropolitana de São Paulo passou para a fase laranja do plano estadual que permite a retomada gradual e consciente da economia. 
O plano prevê a reabertura de comércios não essenciais, com restrições de público e de horário para evitar a propagação do vírus.
E, por isso, a vigilância, por meio de ações, deve ser reforçada por conta de mais pessoas nas ruas.

Leia Também