(11) 4745-6900

Procon - Black Friday

24 NOV 2021 - 05h:00

A Black Friday é um evento que promove uma série de descontos em produtos de diversas lojas do Brasil e do mundo. É uma tradição iniciada nos Estados Unidos, que marca o período de compras de fim de ano.
Ocorre sempre na 4ª sexta-feira do mês de novembro. A data é definida a partir do feriado de Ação de Graças (Thanksgiving, em inglês).
Apesar dos descontos, os consumidores precisam ter cuidados para evitar fraudes. 
As unidades do Procon passam uma série de orientações. O Procon de Suzano, por exemplo, faz orientações e prepara fiscalização para Black Friday.
O órgão municipal promove acompanhamento de clientes e comerciantes durante período de descontos.
O órgão municipal de defesa do consumidor inicia um esquema de fiscalização e orientações voltados para o dia de ofertas que movimenta a rede de varejo. As dicas envolvem cuidados com as aglomerações em virtude da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), consumo responsável, atenção com os direitos reservados aos clientes e deveres dos estabelecimentos.
A Black Friday deste ano, marcada para a última sexta-feira do mês de novembro (26/11), reúne preços e condições de compra com valores menores que o usual antes das festas de fim de ano, o que confere grande movimentação de consumidores. Por isso, o Procon promove orientações a respeito dos cuidados que os clientes devem tomar com estabelecimentos, ofertas e funcionários desde os primeiros dias do mês, quando certos produtos já recebem aplicação de descontos.
O DS trouxe reportagem nesta semana para mostrar o trabalho que vem sendo realizado pelo Procon. 
Considerando o cenário de pandemia, o órgão municipal emitiu uma série de orientações para os estabelecimentos seguirem, pensando na segurança dos consumidores que estarão circulando pelas lojas. Entre elas destacam-se recomendar aos compradores a não saírem em grupo ou com toda a família, promover o distanciamento nas filas dos caixas e dispor de álcool em gel para os clientes. O órgão também afirma que os estabelecimentos devem controlar o acesso de pessoas, caso necessário.
Tratando das práticas registradas no Código de Defesa ao Consumidor, o Procon regulariza as condições para aplicar promoções, processo de venda e troca, orientações quanto à quantidade e reserva de estoque, meios de pagamento, uso de códigos de barra e comunicação geral com os clientes, visando sua proteção no momento da compra. As regras e as orientações se aplicam tanto nas lojas físicas como digitais, em sites de compra.
Portanto nesta data é preciso ficar atento. Em geral, os golpes consistem no aumento do preço nos dias anteriores para que com os descontos da Black Friday, os produtos fossem vendidos por um valor próximo ao original.
É importante que os consumidores sigam as orientações do Procon para evitar transtornos. 

Leia Também