(11) 97569-1373

Teletrabalho

8 JUL 2020 - 23h:59
Em maio, o teletrabalho foi exercido por 13,3% das pessoas ocupadas no Brasil, o equivalente a 8,7 milhões de trabalhadores, segundo o estudo que teve como base a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Covid-19, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O dado consta na nota técnica Teletrabalho na pandemia: efetivo versus potencial, divulgada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).
 
O DS trouxe, nesta semana, reportagem mostrando que uma opção para servidores públicos no grupo de risco do novo coronavírus, o trabalho remoto foi adotado nas prefeituras da região. 
 
No Alto Tietê, cerca de 2.256 funcionários públicos já aderiram ao chamado home office.
 
Os dados levantados pela reportagem levam em consideração três cidades da região. Em Suzano, 1.536 funcionários já realizaram o trabalho remoto desde o início da pandemia em março deste ano. No município, a Secretaria Municipal de Administração indicou esse tipo de trabalho para os servidores da Prefeitura com mais de 60 anos, grávidas e mães com filhos de até um ano de idade.
 
A exceção foi para os servidores da Saúde, Segurança e da Assistência Social. Além disso, todos os servidores que apresentam histórico de comorbidade (que também fazem parte do grupo de risco), tiveram a permissão para realizar o trabalho à distância. 
 
Em todo o Brasil, em maio, 84,4 milhões de pessoas estavam ocupadas. Dessas, 19 milhões, 22,5%, estavam afastadas de suas atividades, sendo que 15,7 milhões de pessoas responderam que estavam afastadas do trabalho devido ao distanciamento social, o que corresponde a 82,9% dos afastamentos. 
 
O trabalho remoto é uma tendência de negócios mundial. Em países desenvolvidos e com tecnologia mais avançada, essa modalidade é amplamente utilizada. Estima-se que 40% dos funcionários nos Estados Unidos já trabalhem de forma remota ocasionalmente, e 20% com jornada diária.
 
No Brasil, esse movimento começou mais lentamente, mas fatores como a crise financeira e as dificuldades de transporte fazem com que o olhar dos empresários recaia sobre a importância do trabalho remoto nos dias de hoje. Uma pesquisa constatou que 37% das empresas permitem que os seus colaboradores trabalhem em casa. Agora no momento de pandemia está sendo cada vez mais utilizado porque as pessoas precisam manter o isolamento social.

Leia Também