(11) 97569-1373

Associação de judô de Poá com mais de 16 mil medalhas pede ajuda

Cerca de 100 alunos deixaram de fazer aulas no local, e os pais pararam de realizar os pagamentos de mensalidades simbólicos. Assim, há dificuldades para quitar contas básicas, como água e luz

30 JUN 2020 - 13h:30 Por Daniel Marques - de Poá
Para ajudar, é necessário procura-lo no Facebook, através do perfil Cláudio Pereira Leitão, ou no da Associação Morada do Sol. Para ajudar, é necessário procura-lo no Facebook, através do perfil Cláudio Pereira Leitão, ou no da Associação Morada do Sol. / Jackeline Lima/Divulgação
Com mais de 30 anos de existência e 16 mil medalhas conquistadas, se estabelecendo como uma das maiores formadoras de judocas do Alto Tietê, a Associação de Judô Morada do Sol está passando por dificuldades financeiras com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).
 
Cerca de 100 alunos deixaram de fazer aulas no local, e os pais pararam de realizar os pagamentos de mensalidades simbólicos. Assim, há dificuldades para quitar contas básicas, como água e luz.
Mesmo com tantas dificuldades, o diretor da academia, Claudio Leitão, diz que são raras as vezes que algum dos mais de quatro mil alunos que já passaram pelo local aparece para ajudar.
 
“São pouquíssimos que ligam para mim. A grande maioria não é solidária. Isso acontece, mas não é só aqui, e sim no mundo inteiro”, disse Leitão. 
 
“Estamos entrando em um colapso financeiro. Lamento muito pelos amigos de outras modalidades que já fecharam. Não há ajuda de governo ou de empresários. Hoje, o que recebemos aqui é uma doação ou outra de algum pai”, completou. 
 
Leitão estima que o valor necessário para a academia, neste momento, seja algo em torno de R$ 8 mil. Como ainda não há previsão de melhora por conta da pandemia, as dívidas seguem aumentando até o fim do ano. Assim, de R$ 15 a 20 mil seriam suficientes para deixar a situação “confortável” até o término de 2020. 
 
“A gente teme ter que fechar. Temos essa preocupação. Se a vacina não vier, acho que as coisas vão ficar muito difíceis”, prevê. 
 
Para conseguir o valor, Leitão quer realizar uma vaquinha online. Enquanto isso não ocorre, os pedidos são feitos nos perfis dele e da academia no Facebook.
 
Para ajudar, é necessário procura-lo no Facebook, através do perfil Cláudio Pereira Leitão, ou no da Associação Morada do Sol. 
 
A conta para doações é do Banco Santander. A agência é 0353 e a conta corrente é 01002961-6. É possível ainda realizar doações por meio do telefone: 4722-0634.

Leia Também