(11) 4745-6900

Esportes

Suzano Vôlei vence Santo André e conquista classificação para Superliga B 2022

Triunfo por 3 sets a 1 teve show e emoção da torcida suzanense

8 NOV 2021 - 10h:28 Por de Suzano
Suzano Vôlei vence Santo André e conquista classificação para Superliga B 2022 Suzano Vôlei vence Santo André e conquista classificação para Superliga B 2022 / Divulgação
O Suzano Vôlei disputou a final da Superliga C e conquistou a classificação para a Superliga B de 2022. O time suzanense derrotou a equipe de Santo André na final do torneio por 3 sets a 1 (parciais de 20x25, 25x23, 25x22 e 25x19) em uma tarde de emoção na arquibancada e muita festa com o acesso. 
 
A tarde decisiva para o clube suzanense prometia uma equipe focada e que vinha de boa sequência de jogos. Por isso, Alessandro Fadul escalou Caio, Brunão, Sérgio, Matoso, Bruno Biella, Matheus Celestino e Dayan (líbero) para buscar a sonhada vaga à segunda divisão do voleibol brasileiro. 
 
Os donos da casa não começaram bem o duelo. O time de Santo André entrou em quadra buscando administrar a partida, tentando usar dos ânimos para encaixar seu jogo contra o Suzano Vôlei, que, por sua vez, tentava acertar os detalhes para equilibrar o duelo. Os atletas do ABC impuseram saques e ataques forçados, que surtiram efeito e deram vantagem logo no início da disputa. Os visitantes souberam segurar a vantagem e fecharam a parcial inicial por 20x25. 
 
O que havia começado com muita animação e festa nas arquibancadas, tornou-se em certa apreensão após o set anterior. Mas determinada e confiante na recuperação suzanense, a torcida seguiu apoiando os atletas que, em quadra, prometiam uma reação. E ela veio! Com a garra e o apoio da apaixonada torcida, o Suzano Vôlei equilibrou as ações e usou de sua habilidade para bater o rival no set por 25x23, empatando a partida em 1 a 1. 
 
O empate alimentou mais ainda a energia na Arena Suzano. Mais uma vez, o momento era de acertar os detalhes e encaixar as melhores jogadas para tomar a frente do placar. O bom time santoandreense manteve a partida complicada, cometendo poucos erros contra o bloqueio suzanense que havia feito a diferença no segundo set. No tenso duelo, o Super Vôlei saiu na frente e assim manteve até a reta final, momento em que o Suzano cresceu no jogo, revertendo uma vantagem de sete pontos para vencer por 25x22. Faltava um set para o acesso. 
 
Por isso, mais do que nunca, o momento era de concentração e nervos no lugar para seguir com o bom ritmo e fechar a partida com a classificação garantida. O cenário do quarto set era de otimismo e vontade por parte dos suzanenses, que estavam muito próximos de seu grande objetivo. Bem como nas parciais anteriores, os primeiros pontos do set foram muito disputados, com grande alternância entre os eficientes ataques, que se equivaliam. Mas, na metade do set, o ponto chave para abrir uma vantagem veio da arquibancada. No grito, na paixão e no amor da cidade pelo esporte, os torcedores deram um show na Arena, desestabilizando os santoandreenses. 
 
O Suzano soube aproveitar da instabilidade e abriu vantagem, fechando a parcial em 25x19. Festa e euforia total de uma cidade que começou a escalar o quadro nacional; o Suzano Vôlei fechou o duelo em 3 sets a 1, para se garantir na Superliga B de 2022. 
 
Com toda a comoção, a festa em quadra foi geral. No melhor estilo, todos vibraram com o resultado desejado pela equipe. Após o jogo, Fadul, que levou um banho dos atletas depois da vaga, falou sobre a competição e a emoção da cidade. "Foi uma tarde e noite incrível. Os atletas estiveram muito focados hoje, assim como em todos os jogos do torneio. Os rapazaes estão de parabéns pela conquista, tão sonhada por esse povo que veio à Arena, nos incentivou do início ao fim do jogo. Sem eles, isso tudo não seria lindo como foi", contou o treinador. 
 
O desempenho do time na competição também foi destaque. Ao longo dos jogos, o time acumulou 67% de recepções certas, 55% de pontos ataque aproveitados, somando 342 pontos entre os quatro jogos realizados contra Iacanga/RH Fitness, Unisantanna/Diadema, Sesi Osasco e o adversário da final, Super Vôlei Santo André. 
 
Após o título, os atletas recebem folga de quatro dias antes da reapresentação na próxima sexta-feira (13), quando jogadores e comissão técnica voltam aos treinamentos pensando na sequência da temporada.

Leia Também