(11) 4745-6900

Esportes

Usac e Ecus fazem hoje clássico pela Segunda Divisão do Paulista

Ecus busca subir na tabela e Usac tenta manter a liderança do Grupo 5; a 1ª partida entre as equipes nesta temporada terminou em 3 a 0 para o Usac

15 SET 2021 - 12h:18 Por Thiago Caetano - de Suzano
Usac e Ecus fazem hoje clássico pela Segunda  Divisão do Paulista Usac e Ecus fazem hoje clássico pela Segunda Divisão do Paulista / Wanderley Costa/Secop Suzano
União Suzano Atlético Clube (Usac) e Esporte Clube União Suzano (Ecus) se enfrentam nesta quarta-feira (15) pela 7ª rodada do Paulista da Segunda Divisão. A partida está marcada para às 15 horas, no Estádio Francisco Marques Figueira, o Suzanão.
 
O Ecus busca subir na tabela e segue sonhando com a classificação. A equipe ocupa a quinta posição do Grupo 5, com 7 pontos. O Usac tenta manter a liderança. O Javali das Palmeiras soma 14 pontos até o momento. Além disso, o Usac tem a terceira melhor campanha na classificação geral da competição.
 
No primeiro turno, a partida terminou com vitória do Usac por 3 a 0. Uma derrota doída, mas já digerida, segundo Jaques Carvalho, treinador do Ecus. Ele afirma que a equipe está pronta para o duelo de hoje. “Foi uma derrota dolorida. Um placar de 3 a 0 é difícil de digerir. Mas agora é outro jogo. Vamos buscar um resultado melhor”, disse o técnico.
 
O treinador valorizou a vitória na última rodada (3 a 1 contra o Atlético Mogi) e disse que a equipe está mais encorpada. “Apesar das dificuldades que o Atlético está vivendo, eles dificultaram bastante nosso jogo. Foi uma grande vitória, que nos dá ânimo para a continuidade do trabalho”.
 
No Usac, o técnico Ricardo Costa tenta manter o foco da equipe. O treinador valorizou a boa campanha do time, mas pede seriedade para se manter bem na competição. “Conversamos no dia-a-dia para manter o foco. Somos líderes do grupo por merecimento. Todos empenhados num objetivo só. Não ganhamos nada. Não podemos relaxar. Essas conversas são diárias, trabalhar calado para atingir nossos objetivos”, disse.
 
O treinador volta a pregar respeito e vê o adversário crescendo na competição. Ele espera o mesmo comprometimento dos jogos anteriores. “Buscar o equilíbrio. Sem a bola, temos que ser comprometidos com a marcação e se comprometer em fazer o resultado. É um jogo bastante difícil contra um rival que vem de vitória. Trabalhamos firme e vamos buscar os três pontos”, finalizou.

Leia Também