(11) 97569-1373

Lance Livre 02-07-2020

1 AGO 2020 - 23h:59 Por Edgar Leite
SP-66
A Rodovia Henrique-Eroles (SP-66) - que liga Itaquaquecetuba, Suzano e Mogi das Cruzes - é um dos principais acessos da região. Apesar de precisar de obras viárias, nos anos 2000 recebeu um pacote de investimentos.
 
Janeiro de 2001
Em janeiro de 2001, o então vice-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o secretário dos Transportes da época, Michael Zeitlin, inauguraram a conclusão da duplicação da SP-66, com a implantação de 3,6 quilômetros de pista. 
 
Ramal Ferroviário
Foram entregues também o alargamento do viaduto sobre o ‘Ramal Ferroviário da RMS’ (antiga Fepasa), a implantação do viaduto e Trevo das Indústrias e a construção de uma ponte sobre o rio Taiaçupeba, na divisa entre Suzano e Mogi, além da passarela sobre a ferrovia da CPTM, em Poá. 
 
Pacote
As obras faziam parte de um pacote, que incluía a duplicação da SP-66, trecho entre Itaquaquecetuba-Poá-Suzano-Mogi das Cruzes, numa extensão de 21 quilômetros, contando com dois viadutos de grande porte, cinco pontes (duas sobre o rio Itaim, em Poá; uma sobre o rio Jundiaí, em Mogi das Cruzes; uma sobre o rio Taiaçupeba, na divisa Suzano/Mogi; e uma sobre o rio Guaió, em Suzano); quatro rotatórias e um trevo com dispositivo de retorno em desnível.
 
Planos viários
Passados todos esses anos a SP-66, que recebe uma carga grande de veículos nos dois sentidos, volta a necessitar de novos planos viários.
 
Problemas  
de saúde
Na época, o então governador Mário Covas (PSDB) não conseguiu participar da inauguração por conta da saúde. Em março daquele ano ele faleceu.
 
A disputa pelo apoio do PSDB
As eleições deste ano no Alto Tietê seguem com discussões internas entre os partidos - que preparam suas estratégias para a disputa - e pré-candidatos. A Coluna Lance Livre apurou que uma característica quase comum nas cidades será a tentativa de conseguir apoio do PSDB de João Doria.
 
Disputa difícil
Não será fácil essa disputa, uma vez que o governador continua falando pouco sobre eleições, sobretudo, nas cidades fora da Capital.

Leia Também