(11) 4745-6900

Lance Livre 08-05-2022

8 MAI 2022 - 05h:00 Por Edgar Leite

Sindicato dos Ferroviários 
O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Central do Brasil fechou o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) para 2022 e 2023. O acordo foi selado no início de abril.
 
Diretor-geral
Segundo o diretor-geral da entidade, Mucio Alexandre, a categoria obteve uma reposição inflacionária em 10,35%. “Fechamos o acordo para este ano. Tivemos essa reposição inflacionária e mantivemos todo o ACT”, disse Alexandre. 
 
Definição
Ficou definido o reajuste salarial, do vale refeição, alimentação e auxílio materno infantil em 10,35%. Também houve atualização no Auxílio Materno Infantil, também em 10,35%, manutenção de todas as cláusulas do acordo dos anos de 2020 e 2021 e dos aditivos; acordo do Programa de Participação nos Resultados de 2022 (PPR) e o pagamento dos atrasados da data base de março no dia 29 de abril.
 
Representação
O sindicato da Zona Central do Brasil é representante das linhas 11 (Coral), 12 (Safira) e 13 (Jade). Segundo a entidade, pelo menos 2.500 ferroviários atuam nessas três linhas.
 
Trânsito mais consciente
Chamar a atenção da sociedade para um trânsito mais consciente, onde aumente o respeito e diminua o risco de acidentes. Esse é desafio que o movimento Maio Amarelo, organizado pelo Observatório Nacional do Trânsito, propõe em 2022, com o slogan “Juntos Salvamos Vidas”.
 
Concessionária
Para contribuir com o movimento a Concessionária SPMar prepara uma série de ações nos trechos Sul e Leste do Rodoanel Mario Covas visando a educação no trânsito e a conscientização dos usuários que circulam pela via.
 
Agenda de eventos
A agenda de eventos começa na sexta-feira (13) com a ação Educação em Duas Rodas, uma iniciativa que visa disseminar entre os motociclistas as atitudes de direção defensiva, fundamentais para a mudança de uma triste estatística. O grupo formado pelos motociclistas responde por um terço das vítimas de acidentes fatais no trânsito. Nesse dia será montado o Pit Stop da Yamaha, onde os motociclistas passarão por diversas simulações, incluindo dicas de como evitar trafegar no ponto cego dos motoristas, além de receberem orientações teóricas.

Leia Também