(11) 97569-1373

Lance Livre 08-11-2020

8 NOV 2020 - 05h:00 Por Edgar Leite
WhatsApp
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o WhatsApp anunciaram os resultados preliminares da plataforma de denúncia de contas suspeitas de disparos de mensagens em massa. 
 
Contexto
No contexto do Programa de Enfrentamento à Desinformação, a plataforma de denúncias é uma das parcerias feitas entre o TSE e o WhatsApp para combater a viralidade e as notícias falsas nas Eleições 2020.
 
Canal de denúncias
No período de 27 de setembro a 26 de outubro, o canal com o TSE recebeu 1.037 denúncias, sendo 17 descartadas por não estarem relacionadas às eleições. Os dados foram enviados ao WhatsApp para que seja verificado se as contas indicadas violaram seus Termos de Serviço.
 
Primeira etapa
Após uma primeira etapa de revisão, o WhatsApp identificou números duplicados e inválidos (sem uma conta válida de WhatsApp atrelada). Feita essa primeira verificação restaram 720 contas válidas. 
Total
Deste total, 256 foram banidas por violação de seus Termos de Serviço, número que corresponde a mais de 35% das contas válidas enviadas pelo TSE. Do total de contas banidas, mais de 80% foram derrubadas de forma proativa e automática pelo sistema de integridade do WhatsApp, antes mesmo de serem reportadas.
 
Informações  
candidatos
Para votar com consciência, é fundamental conhecer o histórico da sua candidata ou do seu candidato, incluindo informações sobre o partido político ou coligação e todas as contas eleitorais relacionadas à candidatura, informa o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 
 
Transparência
Para dar transparência e facilitar o acesso a essas informações, a Justiça Eleitoral tem a plataforma Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais Eleições Municipais 2020, chamada Divulgacand. 
 
Plataforma
O DS vem utilizando a plataforma Divugacand para conseguir as informações dos planos de governo.

Leia Também