(11) 4745-6900

Lance Livre 10-10-2021

10 OUT 2021 - 05h:00 Por Edgar Leite

Intervenção temporária
Nesta semana, a Prefeitura de Suzano anunciou a intervenção temporária na Santa Casa de Misericórdia. Os atendimentos serão transferidos para outros hospitais da região. 
 
Reforma
No prédio, a Prefeitura segue com as ações de melhoria na infraestrutura da unidade, dando início à última etapa da cobertura do telhado, que já está 75% concluída. 
 
Procedimentos
Para isso, os procedimentos de urgência da maternidade, o centro cirúrgico e a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) são remanejados para hospitais públicos da região por meio da Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross), desde a tarde de sexta-feira (08/10).
 
30 a 40 dias
O trabalho terá duração de 30 a 40 dias. Neste período de intervenção, a demanda das alas mencionadas será diluída em cinco outros equipamentos de Saúde da região. 
 
Máscaras
Na semana em que se comemorou o Dia do Prefeito, pesquisa da Confederação Nacional de Municípios (CNM) sobre a Covid-19 mostra como a atuação dos prefeitos no enfrentamento da pandemia no País foi determinante. As informações são do portal da CNM.
 
Mapeamento
O mapeamento, realizado entre os dias 4 e 7 de outubro com 1.960 cidades, mostra ações relativas às medidas não-farmacológicas. Em 1.935 municípios (98,7%) há campanhas informativas sobre a importância do uso de máscaras; em 1.902 (97%) é obrigatório o uso em locais públicos; e em 1.922 (98,1%) não é permitido entrar em locais privados sem o equipamento.
 
Manutenção
Segundo portal da CNM, a pesquisa também mostra que 1.248 prefeitos (63,9%) pretendem manter a obrigatoriedade do uso de máscaras, mesmo que a população esteja totalmente vacinada; 2,4% devem acabar com a obrigatoriedade; e 32,9% ainda não tomaram essa decisão. Sobre as restrições de circulação ou de atividades econômicas, 794 Municípios (40,5%) as mantêm, mas, em 1.121 (57,2%) esse tipo de medida já foi revogada.
Sobre o gerenciamento das ações de enfrentamento adotadas, em 1.529 localidades (78,0%) foi instituído algum comitê de crise ou centro de operações emergenciais. 

Leia Também