(11) 4745-6900

Nacional

Portal Comunique-se e ANJ iniciam parceria editorial

Veículo de comunicação nativo digital e entidade passam a realizar trocas mútuas de conteúdo. Acordo também prevê ações para destacar publicações vinculadas à associação

18 MAR 2022 - 11h:14 Por da Região
Portal Comunique-se e ANJ iniciam parceria editorial Portal Comunique-se e ANJ iniciam parceria editorial / Reprodução/Canva

Duas frentes do jornalismo unem forças na produção e divulgação de conteúdo. A partir de agora, a Associação Nacional de Jornais (ANJ) e o Portal Comunique-se passam a ser parceiros editoriais. O acordo entre as partes prevê a troca mútua de materiais voltados a discutir, orientar ou até mesmo alertar questões relacionadas à imprensa — principalmente a brasileira.

Na prática, com a parceria, conteúdos produzidos pela equipe da ANJ passam a ir além do site da entidade constituída em 1979 e de seus mais de 100 associados. Ganham novos canais de distribuição e alcance por meio do Portal Comunique-se, veículo de comunicação nativo digital que está no ar desde setembro de 2021 e, há anos, se consolidou como o maior site do país especializado na cobertura dos bastidores da imprensa — conforme evidenciam os dados públicos da plataforma SimilarWeb. 

Pelo lado do Portal Comunique-se, o acerto com a ANJ é visto como possibilidade de oferecer mais conteúdo de qualidade aos “amigos da comunicação”, forma pela qual o editor-chefe Anderson Scardoelli se refere à comunidade de leitores. Nas últimas semanas, por exemplo, o site, que fechou o mês passado com mais de 226 mil usuários/visitantes únicos segundo o Google Analytics, já tem dado vez aos materiais oriundos de sua mais nova parceira editorial. Com isso, “5 iniciativas inovadoras para ampliação e retenção da audiência” e “Um ‘guia de sobrevivência’ sobre inovação em notícias locais” foram algumas das pautas da ANJ compartilhadas com o público do portal.

“Acredito que a união faz a força no jornalismo. E essa união se faz ainda mais necessária quando precisamos combater as chamadas fake news”, afirma Scardoelli. “O acordo com a ANJ reforça o nosso propósito de valorizar e dar espaço a conteúdos de qualidade”, complementa o editor-chefe do Portal Comunique-se, veículo que mantém parcerias similares com a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e a LatAm Journalism Review (LJR), projeto internacional mantido pelo departamento de jornalismo da Universidade do Texas, nos Estados Unidos.

Fazendo jus ao nome “parceria”, a ANJ também passa a ter liberdade para reproduzir em seu site oficial — e em qualquer outra plataforma — as reportagens e os artigos publicados originalmente no Portal Comunique-se. Foi o que aconteceu, por exemplo, com o levantamento sobre a produção de podcasts. De acordo com a ação promovida pelo Portal Comunique-se, a maioria dos jornalistas do país acredita que a formação na área é importante para produzir esse tipo de conteúdo.

“Essa parceria é extremamente oportuna e positiva. Vamos aumentar nossa capacidade de informar nossas audiências com qualidade e credibilidade. Para a ANJ, é motivo de orgulho e satisfação estar ao lado do Comunique-se, portal reconhecido pelo alcance no mercado de comunicação”, declara o diretor-executivo da ANJ, Ricardo Pedreira.

ANJ e Portal Comunique-se na promoção de veículos de comunicação

No decorrer dos próximos meses, a parceria da ANJ com o Portal Comunique-se irá além da troca de conteúdo. Juntos, pretendem destacar os diferenciais de cada um dos 104 associados da entidade. O objetivo será compartilhar com o público em geral a importância de se assinar, ou de se apoiar de alguma outra forma, projetos profissionais de jornalismo.

Leia Também