(11) 97569-1373

Suzano

Adolescente de 13 anos mobiliza vizinhos por limpeza de bairro

Adolescente está mobilizando amigos e vizinhos para limparem uma calçada, em cruzamento de vias

25 OUT 2019 - 23h:58 Por Daniel Marques - de Suzano
Adolescente de 13 anos mobiliza vizinhos por limpeza de bairro Adolescente de 13 anos mobiliza vizinhos por limpeza de bairro / Sabrina Silva/DS
Uma adolescente de 13 anos está se tornando um grande exemplo de cidadania aos moradores do Jardim Quaresmeira II, em Suzano. Ela está mobilizando amigos e vizinhos para limparem uma calçada, no cruzamento da Rua Manoel José de Oliveira Guedes com a Rua Mitsugo Matsuo. A ação acontece neste sábado (26), às 9 horas.
 
Tudo começou quando a jovem Júlia Ziviani Alcantara resolveu escrever uma carta ao prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL), pedindo para que a calçada fosse limpa e recebesse plantio de flores. Ela sugeriu a limpeza por conta de um projeto da escola em que estuda.
 
A garota participou de uma reunião com um representante do Viveiro Municipal. 
O espaço do bairro, que atualmente tem muito lixo, foi avaliado e a limpeza e plantio de 30 flores foram autorizados pela Prefeitura. "O viveiro vai ceder as flores e a Prefeitura vai fazer a limpeza. Nós ajudaremos. Fiz uma lista e 60 pessoas falaram que vão ajudar, entre amigos e vizinhos", conta a estudante.
 
A jovem participa do projeto "Cientista Mirim", do Colégio Vida Ativa, localizado no Itaim Paulista, onde Júlia cursa o 8° ano. Os alunos foram desafiados a resolverem algo que prejudique a natureza e os incomodem muito. Daí surgiu a ideia em um local que a jovem diz que vem sendo agredido pelos moradores do bairro. "Era uma área bem cuidada, mas de uns tempos para cá destruíram. Moro aqui há seis anos e via até passarinhos. Quero tirar o lixo, colocar terra e plantar", diz a garota.
 
A mãe, a bióloga Wanda Ziviani Alcantara, 39, e o pai, o policial Norberto Ziviani Alcantara, 39, estão orgulhosos da filha. Wanda diz que a preocupação da menina pela natureza "vem de berço". "Tenho orgulho dela. Não só de hoje, mas desde pequena sempre se preocupou com os outros. Queria tirar animais das ruas, sofria bullying porque deixava o cabelo crescer muito para doar às crianças com câncer", conta a mãe. 
 
"Ela quer ser uma pessoa diferente no mundo, e isso faz com que a gente fique feliz. Esse é o valor que nossa família tenta agregar à Júlia e nossos outros dois filhos", conta Norberto.
 
A jovem também agradeceu a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Larissa Ashiuchi, pela ajuda. Júlia acredita que a ação poderá conscientizar outras pessoas. 

Leia Também