(11) 97569-1373

Polícia

Guarda civil de SP é preso por roubo e tentativa de estupro a uma mulher em Ferraz

Ele confessou os crimes a Polícia Militar (PM)

13 JAN 2021 - 11h:12 Por de Ferraz
Veículo usado pelo guarda para fugir do local do crime Veículo usado pelo guarda para fugir do local do crime / Polícia Militar/Divulgação

Um guarda civil de São Paulo foi preso após roubo e tentativa de estupro a uma mulher no Jardim São João, em Ferraz de Vasconcelos. Ele confessou os crimes a Polícia Militar (PM). O caso foi registrado na manhã desta quarta-feira (13).

Por volta das 5 horas, na Rua Tito Temporim, a vítima aguardava o transporte coletivo, quando foi abordada pelo suspeito vestido com uma capa de chuva. Ele anunciou o roubo armado. Após tirar os pertences da mulher, o criminoso a virou de costas. A vítima relatou, que neste momento, percebeu que o homem estava nu. Enquanto se aproximava da mulher, um ônibus apareceu e o autor do crime fugiu em um veículo. Testemunhas do fato anotaram a placa do carro e chamaram a polícia.

Durante as buscas pelo autor, a polícia entrou em contato com a esposa do homem e descobriu que ele é um guarda civil de São Paulo. Segundo a polícia, ele havia saído de casa com destino ao posto de trabalho.

Os policiais foram informados de que o guarda civil estacionava o veiculo nas proximidades da estação de Ferraz e seguia o trajeto de trem. Desta forma, a polícia decidiu fazer contado com o autor e relatar que seu veículo havia sido danificado e que ele precisaria retornar ao local. Ao voltar,  o guarda foi reconhecido pela vítima e confessou ter praticado os crimes.

A arma usada no crime ainda ainda não foi localizada. 

Leia Também