(11) 97569-1373

Polícia Civil conclui que arma usada na morte de PM de Ferraz foi roubada de policial na Capital

Laudo mostrou que pistola foi roubada de um policial militar, em dezembro de 2013, no Jardim das Imbuias, Zona Sul de São Paulo

29 JUN 2020 - 16h:24 Por De Mogi
Na época, policial foi baleado e morto durante serviço Na época, policial foi baleado e morto durante serviço / Arquivo/DS

A Polícia Civil divulgou nesta segunda-feira, 29, que a arma usada na morte do policial militar Marivaldo Camelo da Rocha Júnior, de 34 anos, em junho do ano passado, em Ferraz de Vasconcelos, foi roubada de um militar da Capital em dezembro de 2013.

De acordo com o delegado do Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), Rubens José Ângelo, o inquérito que investigava o caso foi encerrado. 

“Foi realizado exame o qual mostrou que a arma pertencia à Polícia Militar. A análise deu conclusiva para pólvora. Mesmo tão danificada, obtivemos êxito em verificar a numeração da arma”, explicou o delegado. 

Na época, Júnior patrulhava por uma via, no Jardim Margarida, quando se depararam com um roubo à residência. Os bandidos atiraram e atingiram o policial na cabeça. A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do hospital. 

Buscas se intensificaram e os bandidos foram encontrados em Itaquaquecetuba e Itaim Paulista, Zona Leste de São Paulo. À época, de acordo com a polícia, os ladrões reagiram e foram mortos após confrontos. 

 

Leia Também