Logo de aniversário de 60 anos
(11) 4745-6900

Condemat pleiteia implantação de hospital veterinário regional

Sugestão do Conselho de Prefeitos é que a unidade seja instalada no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti, em Mogi das Cruzes

30 ABR 2021 - 18h:08 Por da Região
Condemat pleiteia implantação de hospital veterinário regional Condemat pleiteia implantação de hospital veterinário regional / Divulgação

A direção do CONDEMAT – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê solicitou ao Governo do Estado a implantação de um hospital veterinário regional para complementar e fortalecer as políticas públicas de bem-estar animal desenvolvidas pelas cidades. A proposta é de que o equipamento seja instalado no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti, em Mogi das Cruzes, que tem localização estratégica e espaço disponível.

Nesta semana, o presidente do CONDEMAT e prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, participou com o prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha, de uma reunião com a diretoria do hospital na qual foi discutida a necessidade de ampliação das ações regionais destinadas ao bem-estar animal, incluindo a implantação de uma unidade para o tratamento gratuito de animais.

De acordo com os prefeitos, a unidade reivindicada para o Alto Tietê deverá oferecer atendimentos clínicos para animais de pequeno porte, como cães e gatos, além de animais de grande porte, como cavalos, visto que a região ainda preserva grande característica rural.

“O cuidado com os animais é questão de saúde pública, porém,  uma parte significativa da população não tem condições de acessar este serviço na rede particular, o que vem demandando uma série de problemas relacionados à causa animal, que refletem nas áreas de saúde, social e de meio ambiente”, disse o presidente Rodrigo Ashiuchi.

O prefeito Caio Cunha reforçou a importância de ações regionalizadas também nesta área, principalmente por conta das divisas das cidades e do apelo que a causa animal tem. “Os municípios já vêm realizando ações de controle populacional, combate ao abandono e posse responsável. No entanto, carecemos de uma estrutura que nos dê retaguarda para ampliarmos este trabalho de assistência à saúde dos animais em toda a região”, destacou.

Os prefeitos destacaram ainda a atuação da Câmara Técnica Especial de Bem-Estar Animal, que desenvolve um trabalho visando o avanço de políticas públicas de forma regionalizada e o compartilhamento de experiências e serviços para a melhoria do atendimento da causa animal.

Leia Também