(11) 97569-1373

Eleições 2020

Delegado Eduardo Boigues estuda nomes para compor secretariado em Itaquá

Progressita reassumiu nesta-segunda-feira (16) suas funções na Polícia Civil

16 NOV 2020 - 17h:46 Por de Itaquá
Delegado Eduardo Boigues estuda nomes para compor secretariado em Itaquá Delegado Eduardo Boigues estuda nomes para compor secretariado em Itaquá / Divulgação

O prefeito eleito de Itaquaquecetuba, Delegado Eduardo Boigues (PP), já estuda nomes para compor o secretariado. Contudo, um dia após o resultado da eleição, com a vitória em primeiro turno, o progressita reassumiu nesta-segunda-feira (16) suas funções na Polícia Civil. Nos próximos dias ele vai tirar férias e, depois, irá se reunir com o grupo a ser estruturado para transição de governo.

Boigues estava licenciado no período eleitoral das funções da polícia. De acordo com a assessoria dele, nos próximos dias ele deverá tirar férias e, na sequência, irá se reunir com o grupo a ser estruturado para a transição e governo.

“Ainda estamos organizando tudo o que é referente à campanha, vou tirar férias, até para poder resolver tudo com calma, e depois vou me reunir com o núcleo duro da campanha e acertar o grupo que ficará responsável pela transição no governo. Espero que a transição seja tranquila, que não tenhamos nenhum tipo de problema, porque é de extrema importância ter todos os dados hoje da Prefeitura, tanto em problemas quanto em trabalhos que foram realizados nesses últimos quatro anos. O grupo de transição fará o levantamento de tudo que existe na Prefeitura de Itaquaquecetuba. Quando tiver tudo em mãos, me reunirei com a equipe para fazer o planejamento”.

Ele falou que já estuda nomes para compor o secretariado. “Dentro do meu grupo há alguns nomes que já estou estudando a possibilidade de convidar para fazer parte do primeiro escalão, porém, ainda é prematuro. Tenho algumas ideias, mas preciso sentar, conversar, ver a disponibilidade das pessoas, ver se elas têm condições de encarar quatro anos de trabalho, porque comigo é trabalho 24 horas, sou uma pessoa muito exigente. No momento certo farei os anúncios e a imprensa será a primeira a saber os nomes. Pretendo, inclusive, fazer o levantamento das secretarias, ver quantos são os cargos, e talvez faça anúncios de forma escalonada", frisa. "Posso adiantar que os nomes que irei escolher são de pessoas que entendam das áreas para as quais elas venham trabalhar conosco, que sejam comprometidas com o projeto que desenvolvemos com as pessoas nas ruas, ao lado do Vando, que é o meu vice, e que não tenham nada que desabone as suas condutas, porque não quero pessoas ao meu lado que tenham problemas", completa.

Leia Também