(11) 4745-6900

Região

Estações de Mogi, Suzano e Ferraz recebem campanha de doação de tampinhas plásticas e de alumínio

Todo o material arrecadado será vendido pelo Instituto Amor Rosa e a renda será destinada ao atendimento à pacientes com câncer e seus familiares

12 MAI 2022 - 16h:04 Por da Região
Estações de Mogi, Suzano e Ferraz recebem campanha de doação de tampinhas plásticas e de alumínio Estações de Mogi, Suzano e Ferraz recebem campanha de doação de tampinhas plásticas e de alumínio / Regiane Bento/Arquivo DS

As Estações Mogi das Cruzes, Suzano e Ferraz de Vasconcelos, localizadas na Linha 11-Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), participam de uma campanha de arrecadação de tampinhas em parceria com o Instituto Amor Rosa.

A renda, gerada com as vendas das tampinhas plásticas e lacres de alumínio para empresas especializadas na reciclagem destes materiais, será destinada à estrutura e à manutenção dos projetos e atendimentos dos pacientes oncológicos do instituto, formado por voluntários preparados para assistir pacientes adultos de ambos os sexos com câncer e seus familiares.

Desde terça-feira (10), os passageiros da CPTM podem depositar as tampinhas limpas nos mini contêineres localizados nas três estações. Vale lembrar que as doações de tampas podem vir de vários produtos: refrigerantes, sucos, leite, pasta de dente, medicamentos, cosméticos, recipientes plásticos, entre outros. A campanha é uma iniciativa do Comitê de Responsabilidade Social e Cidadã da CPTM, que vai ampliar para 20 estações, até o final de julho, a arrecadação das tampinhas.

Sobre o Instituto Amor Rosa

O Instituto Amor Rosa (https://amorrosa.org.br/), entidade sem fins lucrativo, foi formado em 2019 pela captadora de recursos Ana Maria Obranovich Rosa, com o objetivo de atender a pacientes adultos, homens e mulheres, com todo tipo de câncer. O Instituto oferece atendimento humanizado por meio de acompanhamento psicológico e promove a doação de itens essenciais aos pacientes -- principalmente do Instituto de Câncer Dr. Arnaldo Vieira de Carvalho -- durante seu tratamento e recuperação. Tudo isso só é possível graças ao engajamento de um grupo de voluntários que, trocando experiências e informações, conseguem despertar sentimentos como empatia, carinho e amizade e, assim, estabelecer importantes parcerias.

Leia Também