(11) 97569-1373

Leituristas da EDP vão identificar foco do mosquito Aedes Aegypti

Colaboradores participam hoje da ação em Taubaté, Mogi das Cruzes e Guararema

27 FEV 2020 - 21h:20 Por da Região
EDP vai treinar leituristas para combater mosquito causador da dengue<EM> EDP vai treinar leituristas para combater mosquito causador da dengue / Sabrina Silva/DS
A EDP, distribuidora de energia elétrica das regiões de Guarulhos, Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, realiza a partir de hoje ação de combate do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela.
 
Mensalmente, os leituristas da EDP percorrem as ruas da área de concessão fazendo a medição do consumo de energia dos clientes de Suzano e demais cidades da região. Ao todo, 1.9 milhão consumidores são visitados por estes profissionais. Para capacitá-los no combate ao mosquito da dengue, hoje, por meio da parceria com as prefeituras de Taubaté, Mogi das Cruzes e Guararema, será realizado um treinamento para parte da equipe da EDP. 
 
Neste dia serão capacitados 140 leituristas que atendem 14 municípios do Alto Tietê e Vale do Paraíba. Estes colaboradores visitam mensalmente 802 mil casas, comércios e indústrias, e após o treinamento, estarão aptos a contribuir no combate à proliferação do mosquito Aedes Aegypti. Os municípios que serão beneficiados inicialmente com o projeto são Taubaté, Mogi das Cruzes e Guararema. A ação de identificação dos focos também será disponibilizada para as cidades de Tremembé, Caçapava, Jambeiro, Pindamonhangaba, Roseira, Ferraz de Vasconcelos, Salesópolis, Biritiba Mirim, Itaquaquecetuba, Poá e Suzano. 
 
"Sabemos que no período chuvoso há aumento considerável nos casos das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti e temos potencial em nossos leituristas para contribuir com o combate dos focos de proliferação. Essa parceria com as prefeituras, com certeza, trará reflexo muito positivo para a população", reforça Roberto Miranda, gestor executivo de relacionamento da EDP. 
 
Os leituristas da EDP serão capacitados para observar e identificar possíveis criadouros do mosquito durante o trabalho de leitura dos medidores de energia elétrica. A Companhia criou um código específico para este fim no equipamento de medição utilizado por seus profissionais, que cria um aviso e é repassado aos órgãos municipais competentes. 
 
A ação auxiliará as prefeituras na realização de inspeções e execução de medidas de controle e prevenção. 
 
Na cidade de Guarulhos, este trabalho é realizado pelos leituristas da EDP desde setembro de 2019 e a atuação dos colaboradores atingiu 75% de assertividade na constatação de criadouros pela Zoonose, contribuindo para o combate dos focos do mosquito no município. 

Leia Também