Logo de aniversário de 60 anos
(11) 4745-6900

Marcia Bin discute solução para o antigo Fórum em reunião com TJ

Problemas do prédio foram apresentados ao TJ que se comprometeram em enviar técnicos para avaliar a situação

8 JUN 2021 - 21h:08 Por de Poá
Prefeita discutiu sobre reformas do prédio do antigo Fórum Prefeita discutiu sobre reformas do prédio do antigo Fórum / Rodrigo Nagafuti/Divulgação
A prefeita de Poá, Marcia Bin (PSDB), participou na tarde desta terça-feira (08) de uma reunião virtual com representantes do Tribunal de Justiça (TJ) do Estado de São Paulo, para solicitar a intervenção da Secretaria Estadual de Justiça em relação ao local que abrigava o antigo Fórum, localizado na avenida Antônio Massa, na região central da cidade. 
 
Uma equipe de técnicos será enviada para analisar a situação do prédio e do entorno, com o objetivo de decidir a melhor medida para solucionar o problema.
 
O local foi desocupado em meados de 2009 e, atualmente está abandonado, causando riscos a segurança pública. Acompanhada pelo chefe de Gabinete, Lucas Bertagnolli, e Marcio Borzani (Governo e Administração), a chefe do poder Executivo solicitou ao TJ ajuda para solucionar o problema que tem causado grandes transtornos a municipalidade. “Temos recebido muitas reclamações em relação ao prédio que tem sido utilizado constantemente por moradores de rua e usuários de drogas. Precisamos dar uma solução para este caso, e finalmente dar um retorno positivo aos munícipes”, destacou Marcia Bin.
 
De acordo com o chefe do Gabinete, em 2019 o Tribunal de Justiça decidiu pela demolição e para isso havia celebrado convênio com a Prefeitura que ficou com a responsabilidade da execução, porém, em virtude da crise financeira pela qual o município atravessa, ficou inviável finalizar o processo. “O prédio está em uma situação lastimável, totalmente vandalizado e depredado. Contamos com o apoio do TJ para resolvermos este problema que já se arrasta há 12 anos”, afirmou Lucas Bertagnolli.
 
A equipe do Tribunal de Justiça afirmou que está preocupada com a situação do prédio e que tem total interesse na solução deste problema. “Vamos enviar uma equipe técnica para avaliar a situação do prédio e do entorno para ver o que pode ser feito e qual será a melhor medida a ser adotada. É um prédio que está abandonado e que fere a imagem do Judiciário e da Prefeitura”, afirmou a diretora de Gestão de Locais de Trabalho, Vanessa de Toledo.
 
Também participaram da reunião os juízes assessores da presidência do TJ, Claudia Maria Chamorro; Juliana Amato Marzagão e José Augusto Genofre; além de Adriano Teócrito Pizzolatto (secretário de Administração e Abastecimento), Carlos Darwin de Mattos (diretor das Regiões Administrativas) e Rodrigo Marques de Campos (diretor de Contratos Administrativos e Gestão de Patrimônios); bem como Valmir Maurici Júnior (juiz diretor do Fórum de Poá).

Leia Também