(11) 4745-6900

Marcia Bin pede apoio a Polícia Civil para intensificar segurança pública

Reunião contou com secretários municipais, do comandante da Guarda Municipal e do delegado titular de Poá

29 NOV 2021 - 23h:00 Por de Poá
Prefeita solicitou apoio da Policia Civil para intensificar a segurança pública da cidade. Marcia Bin se reuniu com o delegado Eliardo Jordão Prefeita solicitou apoio da Policia Civil para intensificar a segurança pública da cidade. Marcia Bin se reuniu com o delegado Eliardo Jordão / Rodrigo Nagafuti/Secom Poá
A prefeita Marcia Bin se reuniu com seu secretariado e o delegado titular da Delegacia de Poá, Eliardo Jordão, para discutir ações em conjunto com a Guarda Civil Municipal (GCM) para intensificar a segurança pública e o combate à criminalidade no município. 
 
Acompanhada pelo vice-prefeito, Geraldo Oliveira, os secretários municipais Marcio Borzani (Governo), Marlene Sant’Anna (Segurança Urbana), Ricardo Leão (Obras Públicas), além do chefe de Gabinete, Milvio Sanchez, e do comandante da Guarda Municipal, Alexandre Guarnieri, a prefeita externou a sua preocupação com relação à segurança pública, principalmente sobre o tráfico de drogas. 
 
“Quero aproveitar a reunião para parabenizar, em nome da secretária Marlene e do comandante Guarnieri, todos os integrantes da GCM que têm realizado um grande trabalho pelas ruas da cidade, principalmente na questão do combate ao tráfico de drogas. São prisões de traficantes e apreensões de entorpecentes realizadas, quase que diariamente, mas precisamos do apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil para intensificar estas ações”, afirmou Marcia Bin que, lamentou a ausência de um representante da PM na reunião, visto que, segundo o comando da 2ª Companhia da PM de Poá, não pôde estar presente por causa de uma reunião na sede do Batalhão em Mogi das Cruzes.
 
Durante a reunião, ficou decidido que a Guarda Municipal, em parceria com a Polícia Civil, irão realizar ações em conjunto e, dependendo da operação, terão o apoio dos departamentos de Fiscalização de Posturas e de Vigilância em Saúde. “Vale ressaltar que até o final deste ano, 65 câmeras de monitoramento voltam ao funcionamento, o que proporcionará mais segurança aos cidadãos. A central de monitoramento será integrada com a Polícia Militar, o que significa maior agilidade, caso seja necessário a intervenção policial”, finalizou a prefeita.

Leia Também