(11) 4745-6900

Ministério Público abre procedimento para acompanhar situação da Santa Casa de Mogi

Informação foi confirmada pelo promotor a frente do caso, Fernando Lupo

1 JUL 2022 - 14h:00 Por Fernando Barreto - Da Região
Ministério Público abriu um procedimento para acompanhar a situação da Santa Casa Ministério Público abriu um procedimento para acompanhar a situação da Santa Casa / Divulgação
O Ministério Público abriu um procedimento para acompanhar a situação da Santa Casa de Mogi, que não quer mais renovar o convênio com a Prefeitura. A informação foi confirmada pelo promotor a frente do caso, Fernando Lupo.
 
Conforme informado pelo DS na edição desta quinta-feira, o convênio vence em dois meses, mas o provedor da Santa Casa afirmou “não ter interesse em renovar o convênio”.
 
Segundo o promotor, não há ação judicial em andamento sobre o caso.
 
“Diversas providências foram tomadas no curso das investigações, como reuniões entre as partes na tentativa de solucionar a questão ou minimizar o problema. Verificou-se que o município, por meio de convênio, tem enviado recursos suficientes à Santa Casa para o atendimento do pronto-socorro”, disse.
O promotor finaliza a nota enviada afirmando que “o fato de o Hospital das Clínicas Luzia de Melo estar de 'portas fechadas' contribui para a sobrecarga de atendimentos na Santa Casa de Misericórdia”. 

Leia Também