(11) 4745-6900

Priscila Gambale faz balanço positivo e vê avanços: ‘Ferraz está nos trilhos’

Prefeitura de Ferraz faz balanço e enumera as ações da administração realizadas para melhoria da cidade

14 OUT 2021 - 08h:00 Por de Ferraz
Priscila: “Minha avaliação é extremamente positiva, apesar das dificuldades” Priscila: “Minha avaliação é extremamente positiva, apesar das dificuldades” / Reprodução/Redes sociais
Ferraz de Vasconcelos completa, nesta quinta-feira (14), 68 anos de emancipação. A data é propícia para que a prefeita Priscila Gambale (PSD) fizesse uma avaliação positiva da sua administração. Em entrevista ao DS, ela falou sobre obras, a situação financeira da cidade e dos projetos futuros. 
 
“A mensagem que eu deixo é que tenham orgulho de sua cidade, que acreditem no avanço, na melhoria dos serviços. Minha família é toda de Ferraz, minha vó nasceu na cidade há 100 anos, quando nem se falava em emancipação ainda e sempre acreditou num lugar melhor para viver com nossa família. Por isso eu digo aos ferrazenses: acredite na nossa cidade e em tudo que ela ainda pode proporcionar de alegrias. Ferraz está nos trilhos para ter ordem e progresso, como está escrito na bandeira do nosso País”, disse. A seguir a entrevista concedida pela prefeita ao DS.
 
Diário de Suzano: Qual a avaliação que faz desses primeiros 9 meses à frente da Prefeitura de Ferraz?
 
Priscila Gambale: Minha avaliação é extremamente positiva, apesar das dificuldades, já conseguimos implantar nosso método de administrar, o chamado “mandato turbo”, realizando ações em todas as áreas, resolvendo problemas e buscando soluções de forma rápida e objetiva.
 
DS: Como está a situação dos casos de Covid?
 
Priscila: Graças a Deus hoje vivemos um cenário melhor, nossa campanha de vacinação tem sido um sucesso e a população tem entendido a necessidade de se imunizar.
 
DS: Como está o avanço da vacinação?
 
Priscila: Todos os públicos autorizados pelo Ministério da Saúde estão sendo imunizados com primeira, segunda e terceira dose. Temos todos os tipos de vacinas para a população. Em Ferraz não faltaram doses nenhum dia sequer.
 
DS: Qual a sensação de administrar a cidade em plena pandemia, ainda tendo de cumprir restrições em relação aos eventos?
 
Priscila: É um desafio enorme, elaborar toda a logística de atendimento à população e ainda convencê-la a cumprir as regras sanitárias. Mas a população de Ferraz ajudou nessa batalha, entendendo que não era hora de festa e sim de responsabilidade, abrindo mão de várias coisas em nome da saúde.
 
DS: Como foi possível desenvolver o projeto da “Bolsa Ferraz” de auxílio emergencial de R$ 1mil?
 
Priscila: O Bolsa Ferraz é um projeto ousado, que faz parte do nosso plano de recuperação pós-pandemia. A ideia era atender as famílias de extrema vulnerabilidade que tiveram suas vidas ainda mais prejudicadas pela pandemia. Aos poucos estamos chamando as pessoas para participar deste projeto. Não tem segredo para se realizar este tipo de programa. Cortamos gastos desnecessários da administração e assim conseguimos cumprir com esses valores.
 
DS: Como está hoje a situação financeira da cidade?
 
Priscila: Pegamos a cidade com mais de R$ 300 mi (milhões) em dívidas, um valor alto que impacta em nosso orçamento todos os meses em cerca de R$ 4 mi, que poderiam estar sendo investidos em outras áreas. Mas temos que cumprir nossos acordos financeiros firmados. Hoje a cidade está com as contas em dia.
 
DS: Na área da educação, qual a expectativa em relação à construção de mais escolas e aumento de vagas?
 
Priscila: Sou professora e sei bem a importância da educação. Ferraz foi a primeira cidade da região a retornar às aulas no mês de abril. Estamos investindo em novas unidades.
 
DS: Há projeto para construção de mais creches?
 
Priscila: Inicialmente mais quatro creches, a Alcides Cardoso que foi ampliada, inauguramos a creche Vergínia Ribeiro Bezerra e em breve entregaremos uma nova unidade no Jardim Ferrazense e outra no Parque Dourado.
 
DS: Como está a situação do Centro de Convenções em Ferraz? É possível retomar as obras?
 
Priscila: O Centro de Convenções é uma situação que depende de decisão judicial. Acredito que esteja perto do fim e será possível retomar as obras.
 
DS: Como está o projeto de pavimentação de ruas na cidade?
 
Priscila: Todos os dias temos trabalhado para recuperar as vias da cidade, seja com tapa buracos ou recapeamentos. Mas há muito a ser feito e faremos.
 
DS: Em relação ao setor de transporte público com nova licitação. Como estão sendo realizadas as mudanças para melhorar a vida da população?
 
Priscila: Quando a nova empresa assumir a população já começará a ver a diferença. O novo contrato prevê diversas melhorias de atendimento e estrutura e o principal. A Prefeitura vai fiscalizar com rigor para garantir que a população seja beneficiada.
 
DS: Quais foram as parcerias com o governo do Estado?
 
Priscila: Temos um ótimo relacionamento com o Governo do Estado e ainda temos o meu irmão, o deputado Rodrigo Gambale, que já enviou para a cidade R$ 13 mi em emendas para beneficiar diversas áreas, além da conquista do piscinão e do Poupatempo.
 
DS: Que mensagem gostaria de deixar para a população de Ferraz nesta data de aniversário?
 
Priscila: A mensagem que eu deixo é que tenha orgulho de sua cidade, que acredite no avanço, na melhoria dos serviços. Minha família é toda de Ferraz, minha vó nasceu na cidade há 100 anos, quando nem se falava em emancipação ainda e sempre acreditou num lugar melhor para viver com nossa família, por isso eu digo aos ferrazenses, acredite na nossa cidade e em tudo que ela ainda pode proporcionar de alegrias. Ferraz está nos trilhos para ter ordem e progresso, como está escrito na bandeira do nosso País.

Leia Também