(11) 97569-1373

Torcidas organizadas do Corinthians arrecadam e doam mais de 200 cestas básicas a famílias carentes de Itaquá

Ação social começou a ser desenvolvidas no começo da pandemia e tem se estendido há três meses

30 JUN 2020 - 10h:43 Por Marcus Pontes - de Itaquá
Torcedores da Gaviões da Fiel realizaram ação social neste último fim de semana no Jardim Celeste Torcedores da Gaviões da Fiel realizaram ação social neste último fim de semana no Jardim Celeste / Divulgação/Redes Sociais

Casos de generosidade, compaixão e empatia ao próximo se multiplicaram ao longo desses três meses de quarentena. Em Itaquaquecetuba, as torcidas organizadas Gaviões da Fiel e Camisa 12 arrecadaram e doaram, no último fim de semana, 126 cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade social da Vila Celeste, bairro localizado numa região periférica da cidade. Até o momento, desde o início da pandemia, a organizada já entregou mais de 250 cestas com mantimentos, totalizando mais de 2 toneladas de alimentos doados. Além disso, as organizadas promovem a entrega de marmitex para pessoas em situação de rua. 

Segundo Cleverton Garcia, um dos organizadores da ação, a população mais carente do município sentiu, e muito, os efeitos causados pela pandemia. Foi justamente pensando nisto que a organizada corintiana decidiu agir e erguer as mangas, para ajudar os mais necessitados. "A arrecadação ocorre entre os integrantes da organizada, amigos e familiares. Fazemos a entrega sempre no último domingo do mês. Foi assim em abril, maio e, agora, em junho", disse.

Garcia pontuou a evolução das arrecadações e doações. Em abril, foram 42 cestas entregues. Depois subiu para 85 e, agora, em junho, foram 126. "Decidimos agir para, sem cunho político, ajudar àqueles que mais precisam: os mais necessitados, famílias carentes da nossa cidade". Só para se ter uma ideia, em cada ação, um bairro diferente foi contemplado, especialmente em uma região periférica ou comunidade.

O grupo usa o lema "Torcida organizada presente, onde o sistema é ausente". Marcos Antônio Rodrigues, um dos organizadores da iniciativa, explica que desde a filiação a torcida organizada do clube, aprendeu sobre causas sociais, o que motivou a ajudar famílias carentes nesse momento. 

"A nossa sede sempre fez grandes trabalhos sociais, como a campanha do agasalho, que está vigente neste momento, distribuição de sopões, cestas básicas, e tudo isso antes da pandemia. Inspirados na nossa sede, fizemos o mesmo, aqui em Itaquá, há anos, em menor proporção, fazemos doações de cestas básicas, tinha mês que eram cinco cestas doadas, tinha mês que eram somente três, há dois anos fazemos a campanha do agasalho, levando todas as roupas doadas para o asilo Bezerra de Menezes aqui de Itaquá", explicou Marcos.

A sede também realiza bazares para arrecadas verba para o asilo, além das doações. Os filiados citam a ajuda da torcida Camisa 12. Segundo Marcos, essa torcida, que ele carinhosamente chama de 'irmãos', "sempre esteve ao nosso lado, eles são fundamentais. Essa pandemia escancarou todos os problemas que a periferia sempre teve, e temos o dever em amenizar o sofrimento".

As duas organizadas também fazem eventos nos dias das crianças, com festas, lanches e brinquedos, além de anualmente doarem sangue.

"No dia das crianças, fazemos um evento com muitos brinquedos doados, lanches, músicas e brincadeiras. E há 4 anos também fazemos a campanha de doação de sangue. Queremos fazer a quinta campanha ainda este ano", disse.

Arrecadação

Torcedores ou não do Corinthians podem ajudar no trabalho social. A organizada de Itaquá tem pontos de arrecadação de alimentos. Dois são nas unidades do Supermercado Vila Real, no Jardim Caiuby e Jardim Maragojipe, respectivamente. Além desse há outros sete: são eles, Rua Nazaré do Piauí, 178, São Miguel Paulista; Rua Ernesto Manograsso, 572, São Matheus; Rua Puraquê, 239, Itaquera; Rua Padre Nelson Antonino, 73, Jardim Fujihara; Rua Pimenda D'água, 156, Jardim Miragaia; Rua Rui Barbosa, 313, Bela Vista; e Rua Capitão Antônio de Pietro, 243, Jardim Virgínia.

"Dia 11, será o Dia do Corintiano, então, o pessoal da Gaviões de Itaquá irá estar reunido para fazer a arrecadação. Seria muito importante para nossa campanha o engajamento da população, principalmente porque o que foi angariado será doado às pessoas mais carentes", frisou.

"A campanha não só vai beneficiar Itaquá, mas também outras revisões, como a Capital e o ABC Paulista. Quem quiser ir doando pode deixar lá", destacou Marcos. 

Marmitex

O trabalho social desenvolvido pela organizada não só limita à arrecadação e distribuição das cestas básicas. Membros da torcida local, em parceria com a ONG Black Angel, entregam semanalmente 200 marmitex a pessoas em situação de rua. "Eles produzem os alimentos e nós entregamos aos mais necessitados. É uma parceria que veio para somar, alinhando os verdadeiros conceitos de ambas ações", apontou Rodrigues.

Leia Também